quarta-feira, 18 de março de 2015

Enrolando seu próprio cigarro (Roll-Your-Own Cigarette)

RollYourOwnCigarete
Enrolando seu próprio cigarro!
Já fumo há 20 anos, na média de 15 a 20 cigarros por dia, já tentei parar utilizando chicletes de nicotina, uma tentativa mais por pressão externa do que vontade própria, talvez por isso tenha falhado miseravelmente nessa missão onde as crises de abstinência eram muito ruins, tudo me irritava com facilidade e perdia concentração para fazer coisas mais banais. Acabei voltando ao vício, alguns poderão dizer que faltou força de vontade etc, mas isso não importa, a verdade é que eu gosto do sabor do tabaco da sensação de paz que a nicotina me traz, mesmo conhecendo todos os riscos e malefícios da companhia do velho Marlboro.

Com a alta dos preços de cigarros, pensei em tentar parar novamente, mas como já assumi que gosto de fumar, voltei minha atenção aos cigarros de enrolar, experimentei e percebi a enorme diferença entre o industrial e o natural, tornando-se algo muito interessante, prazeroso, cultural e muito econômico, o que resolvi compartilhar publicando alguns artigos e reviews baseados em minhas experiências pessoais, pois percebi uma grande carência de informações mais detalhadas sobre o assunto, o único artigo que encontrei foi o do Rolet20Conto, que me serviu de inspiração também.

Que fique claro também, que não pretendendo incentivar o consumo, esse material é destinado a pessoas ADULTAS, que assim como eu, são apreciadoras de tabaco e procuram:
  •  Economizar: Um maço com 20 cigarros, mais barato, sai por R$ 4,50. Por esse valor você consegue fazer 50!
  • Fumar com mais qualidade: Cigarros industrializados utilizam vários agentes químicos em sua manufatura, já os tabacos para enrolar não sofrem esse preparo, fazendo com que o sabor se torne bem mais natural e melhor.
  • Apreciar os tipos de tabaco: Fumo de corda, Virginia, Burley, existem vários tipos de tabaco disponíveis e você pode até mesmo realizar algumas misturas conseguindo um blend, de sua preferência.
  • Parar de fumar ou diminuir o consumo: Parece ser um contra senso, mas fumando um tabaco mais puro (ou com menos produtos químicos), a sensação de satisfação é muitíssimo maior devido a maior quantidade de nicotina nos tabacos naturais, por isso a tendência ao fazer seus próprios cigarros é diminuir seu consumo e fazê-los menores que o convencional
Vale lembrar que:

Toda forma de consumo de tabaco é prejudicial à saúde, causando doenças dos mais diversos tipos, seja um cigarro industrializado, um cigarro de palha ou o melhor e mais caro charuto cubano e todo tipo de tabaco possui nicotina, o que causa dependência física e psíquica. Caso esteja querendo para de fumar clique AQUI.

Cientes disso, então vamos ao que interessa.


 
TABACOS
Basicamente existem dois tipos de tabaco para enrolar seu próprio cigarro:

Tabaco"Amarelinho"
Tabaco "Amarelinho"
Tabacos próprios para cigarros: São vendidos em pacotes de 45-50 gramas ou a granel, trata-se do tabaco cortado em tiras bem fininhas e prontas para ser utilizado em cigarros.

As marcas mais comuns são Trevo, Bali Hai (Virginia e Black), Boxer, Bressan, Hi Tobacco, etc. Os preços entre R$3,50 a R$ 20,00, dependendo da tabacaria. Cuidado para não confundir com o tabaco para cachimbo, que geralmente é mais úmido e possui um corte mais grosso. 

Fumo de corda ou rolo
Fumo de corda ou rolo
Fumo de rolo ou corda: Esse é um clássico na cultura brasileira, são encontrados em armazéns, feiras livres e tabacarias. Seu tipo e sabor variam de acordo com sua região de produção (Arapiraca, Poço Fundo, Goianinho, Tietê, etc) e geralmente classificados como médio e forte. Mas independente de sua classificação o fumo de corda é um tabaco mais forte com alto teor de nicotina, devido ao processo de cura das folhas do tabaco, que por ser todo artesanal, é considerado mais natural saindo da plantação para a produção da corda.

Apesar de ser mais forte é o mais barato que se pode encontrar, a média de preços varia de R$ 4,00 a R$ 12,00 o pedaço de 100gr ou pacotes menores já cortados e desfiados.

Ao escolher o fumo de corda, evite comprar aqueles muito úmidos (melados), pois queimarão com dificuldade no cigarro e será mais difícil de desfiar para o preparo.

O fumo de corda não deve ser tragado igual a um cigarro comum, deve ser fumado e apreciado lentamente, igual a um charuto apenas trazendo a fumaça, a nicotina será absorvida pela mucosa interna da boca, você sentirá uma ardência semelhante a uma pastilha ou chiclete de nicotina, mas de modo muito mais acentuado.

Uma curiosidade é que o fumo de corda é consumido de norte a sul do Brasil no famoso cigarro de palha ou palheiro, mas nos Estados Unidos ele é consumido exclusivamente em cachimbos.

PAPEL / SEDA / PALHA
papel-seda-palha
Papel-Seda-Palha
Ok, você já escolheu o seu tabaco, mas e agora onde enrolar?

Diante da diversidade tipos e tamanhos de papéis e sedas ou da clássica palha existentes nas tabacarias é muito difícil de escolher, o ideal mesmo é ir experimentando uma de cada vez até que você encontre aquela que mais lhe agrade.

Existem vários tamanhos, mas os principais são o Regular 1 ¼ (77mm x 44mm) e King Size (100mm x 53mm). O Regular 1 ¼ é o tamanho padrão dos cigarros convencionais (minha preferência pessoal), o King Size resulta em um cigarro mais comprido, ideal para quem pretende fumar mais.

Papel-Seda-Palha
Papel-Seda-Palha
Dentre as diversas tipos e marcas, encontraremos o papel branco igual aos cigarros convencionais (marcas Colomy e Trevo), as sedas que são mais fininhas e podem ser derivadas de arroz, cânhamo, orgânicas, sem branqueamento com cloro (marcas: Smoking, OCB, PureHemp, BobMarley, RAW) e a celulose transparente (marca: aLeda), cada tipo pode variar com uma queima mais lenta ou rápida e também influenciar no sabor do tabaco na hora de fumar. O preço varia de R$ 1,20 a R$ 6,00 em bloquinhos ou caixinhas de 33 a 50 folhas.

Já a tradicional palha de milho também pode ser encontrada nas tabacarias, com o preço entre R$ 1,50 a R$ 3,00, mas só aconselho para o fumo de corda, é uma combinação clássica!

Neste LINK existem vários tipos de papéis e sedas de diferentes tamanhos.

FILTROS
Filtro para cigarro (slim)
Filtros para cigarro (slim)
O Filtro é um item que não deve ser esquecido pois como já mencionado anteriormente, os tabacos de enrolar são mais fortes e possuem mais nicotina que o convencional, então colocar um filtro irá ajudar a reter uma boa parte de alcatrão, nicotina e monóxido de carbono, ajudando também a não irritar (ou irritando menos) a garganta. Além de ajudar a segurar o cigarro na hora de fumar.

Os filtros podem ser adquiridos em pacotes com 100 ou 120 unidades, nos tamanhos regular (7,5mm de diâmetro) ou slim (6mm de diâmetro), seu preço varia entre R$ 8,00 a R$ 12,00.

Estranhamente, o filtro é um dos itens que você não encontra facilmente nas tabacarias, em 3 tabacarias que eu fui só encontrei em uma. Nestes casos você também pode fazer o seu próprio filtro cortando-se um pedaço de 6cm x 2cm de papel sulfite, enrolando com um pouco de algodão até o tamanho desejado (regular ou slim). Mas seja comprado pronto ou improvisado o importante é colocar o filtro em cada cigarro que você fizer.
 
Cuidado com as piteiras de papel, elas nada mais são do que apenas tubinhos ocos que possuem apenas 2 funções, evitar que o fumo caia ou vá para a boca e ajudar a segurar o cigarro enquanto você fuma, não filtra nada, ou seja, você estará mandando diretamente a fumaça para o pulmão. Pode-se utilizar esporadicamente numa, digamos “emergência”, mas é sempre recomendável utilizar um filtro.


ENROLANDO O CIGARRO

Com o material necessário em mãos, começa a parte divertida.

O vídeo mostra como enrolar o cigarro padrão:



O primeiro que você fizer, pode não sair bonitinho como o do vídeo, mas a prática leva a perfeição e pesquisando no You Tube, você encontrará outras técnicas para enrolar seu próprio cigarro.

Você também pode seguir este Tutorial da WikiHow.

Aprecie com moderação!





8 comentários:

Luck Mendes disse...

Olá, sabe onde posso encontrar tabaco de enrolar. Se tiver uma dica de um site é melhor pois não moro em uma grande capital. Valeu e grande abraço.

Luck Mendes disse...

Olá, saberia me indicar onde posso encontrar tabaco de enrolar. Se tiver a indicação de um site seria melhor, pois que não moro em grandes centros (capitais). Valeu e obrigado.

EdsonMaeda disse...

Oi Luck, tudo bem?

Ultimamente tenho consumido somente o Tabaco Natural Amarelinho, a venda na Charutaria Bruno (http://www.charutariabruno.com.br/)ou(https://www.facebook.com/Charutaria-Bruno-Mercado-Municipal-Paulistano-141599796019654/timeline/). Além do Amarelinho, possuem outras marcas e várias sedas e papéis.

Depois de experimentar algumas marcas e tipos, o Amarelinho se tornou o meu tabaco padrão, acredito que vc vai gostar também.

Entre em contato com eles, o atendimento, preço e a qualidade dos produtos são excepcionais e com certeza vão te atender muito bem.

Abraços!

Raul David disse...

Se eh loko, malboro vermelho custando 8,50! Tive que ir pro fumo desfiado, no interior a marca eh "Tigrao ", no pacote com 22g pago R$ 1,80!!! O gosto eh muito mais superior, do que os cigarros industrializados!

jota1108 disse...

Olá Edson, bom dia! Tudo certinho!? Muito boa a postagem!
Vou dar uma dica quanto aos fumos mais melados, úmidos:

-Eles precisam de uma boa lâmina bem amolada e fogo brando!

-Pica-o, bem fininho, ou a gosto, e leva-o à temperatura branda,
ou em forno, ou numa frigideira.

Grato!

EdsonMaeda disse...

Oi jota1108, muito legal a sua dica!
Valeu!

Anônimo disse...

Ola Edson.
Posso utilizar o tabaco para cachimbo, secando e desfiando um pouco mais ele, no cigarro artesanal?
Abs

EdsonMaeda disse...

Olá Anônimo, sim vc pode usar, apenas note que dependendo do fumo para cachimbo alguns podem ser um pouco mais difíceis de se enrolar. Uma sugestão é misturar com o fumo para cigarro, que fica muito bom!

Don't make me hunt you down and kill you like a animal! Read This!

Todas as marcas, produtos e logotipos aqui mostrados, são de propriedades de seus detentores legais.

Todos os comentários são de total responsabilidade de seus respectivos autores, não refletindo a opinião do autor do post.